Feeds:
Posts
Comentários

Música de impacto

Uma das músicas mais lindas que já escutei nos últimos tempos …

Anúncios

Só vontade

Vontade de escrever… Só não sei sobre o quê.
Talvez sobre trabalho, política, religião.
Escrever sobre qualquer tema, assunto, não interessa… Escrever palavras soltas, que façam todo o sentido, ou um texto que não tenha sentido algum.
Fim de ano complicado, onde tenho todas as certezas e ao mesmo tempo, um sentimento me cerca, o da dúvida.
Talvez, você esteja pensando ao ler isto:”esse cara tá doido”!
Mas é exatamente assim que me sinto.
Fim do mundo?? Rsrsrs… Não acredito nessas coisas. Acredito em um Deus, que não nos deixa faltar, e que não nos entrega um fardo maior do que podemos carregar.
Acredito no amor, na sinceridade dele e em tudo o que é pleno, e tudo o que ele faz e traz. Falar de amor é complicado, pois falamos em felicidade e sofrimento. Como pode duas palavras serem tão opostas e tão próximas? Não sei, e se souberem, por favor não me diga!
Ando pelo mundo, tentando enxergar o amor das pessoas, não em “cessar fogo”, “tratados de paz”, “retirada de tropas”, mas em simples gestos, como deixar alguém passar a sua frente, ceder, seja lá o que for… Amar, tolerar…
Vejo o ódio nos olhos das pessoas. Simplesmente pelo fato de ter nascido em uma determinada região do país, mas que esquecem que ao morrer, acabam indo para a mesma terra.
Pessoas que odeiam apenas por suas opções serem diferentes das opções das outras.
Enfim… Tô começando a achar que se não acabou, o mundo tá começando a acabar. Lamento

Comecei a escrever hoje sem realmente saber qual seria o tema dessa palavra. Vou começar aqui, se interessar vocês continuam a ler…

A Graça de Deus se manifesta nos pequenos detalhes, nos pequenos sopros de vento em nossas cabeças, oração, promessa, sacrifício, nada disso é receita para alcançarmos as graças de Deus, mas o que ao meu ver, é indispensável para a ,manifestação da graça do Senhor é o amor… incondicional…  e comunhão com Deus…

Não consigo ver Deus como um cara em um “patamar” te olhando com um olhar de julgamento como pintam por ae…

Imagino Deus como um “cara” que caminha contigo, que chora contigo e não está “nem aí” pra algumas definições que dão a Ele. Só quer ser amado, só quer seu amigo mais íntimo.

Deixo vocês hoje com uma música que me tocou muito!!! Domingo eu a escutei e até hoje não consigo parar de cantar…

ARDE OUTRA VEZ – Thalles Roberto

Eu não quero mais viver
Longe da Tua presença, meu Senhor
Hoje, quero voltar, voltar ao início de tudo
De quando eu era feliz
Sentia a Tua presença, caminhava ali, no seu jardim
Te encontrava todo dia
Mas me perdi, Senhor, no caminhar
Tentei andar sozinho na aventura
Dessa vida foi só ilusão
Confesso que andei perdido, sim,
Mas, hoje, eu Te devolvo um coração
Arrependido de tudo o que fez
Quero voltar, Senhor, para os Teus rios

Me molha, me lava, me ensina
Me inspira e arde outra vez
No meu coração

“De braços abertos, quero Te receber
Filho, Eu estava esperando você
Pra mim você é tudo que Eu sonhei um dia
Eu te amo”…

Por vários momentos, imaginamos que certas situações jamais aconteceriam conosco, mas infelizmente, alguns sentimentos insistem em nos incomodar.

Dessa vez, não estou aqui para falar de religião, mas do desrespeito das autoridades para conosco.

Estava outro dia observando em um dos telejornais uma matéria em que o repórter falava sobre um empresário que transformou uma SCANIA (Caminhão de grande porte) em um pau-de-arara (veículo para transporte de pessoas em uma carroceria feita em madeira), que por falta de segurança, é proibido pelas leis de transito no país, para transportar romeiros para a festa de São Francisco em Canindé (Cidade no interior do Ceará).

Quero deixar claro que o que estou comentando aqui, foge de qualquer designação religiosa, mas o que me deixou estarrecido, foi o fato da Polícia Estadual de Transito do Ceará, estar escoltando a chegada do caminhão a cidade.

Fiquei pensando: Será que eles estariam escoltando um caminhão de alguém simples, como um desses senhores humildes que utilizam o pau-de-arara para trabalhar e garantir o sustento da família?

Prefiro deixar a resposta com vocês…

Que Deus vos abençoe!

Sabe… coisas muito boas tem acontecido em minha vida de uns tempos pra cá, e fico me perguntando, quer dizer, perguntando a Deus a explicação para algumas delas.

Posso perceber coisas acontecendo, pessoas surgindo, e iluminando minha vida.

Oportunidades surgiram, tanto pessoais quanto profissionais e muita coisa me faz olhar para o Alto e agradecer, as bondades de Deus em minha vida.

Agora estou em Porto Alegre, no RS. E tenho aprendido que muitas vezes pra Deus, o menos é mais…

Então, só me curvo e glorifico-O por sua imensa bondade.

Hoje só peço oração, O Meus Deus sabe todos os meus problemas e eu não temerei.

ue

Por Cristiano Therrien – Coordenador de T.I. de Fortaleza (@TherrienBr)

Nessa terça-feira a manchete dos jornais deve ser um “ranking da educação”, que na verdade é um ranking das provas de alunos que saíram dos processos de alfabetização, onde Fortaleza apareceria como a 4a pior do CE, mas é melhor que vcs entendam direito essa informação parcialíssima, especialmente a turma do sistema Ação, que teve acesso a muitos dados da Educação.
A tal avaliação compara resultados de exames de alfabetização feitas em fevereiro (entre dias 7 e 11), quando grande parte de estudantes das escolas públicas de Fortaleza ainda tinham quase dois meses de ano letivo pela frente (calendário atrasado pelas greves de professores), frente a estudantes de outros municípios, que já tinham começado o ano letivo seguinte. Muitos municípios aproveiram o novo ano letivo para preparação pra prova (digo, aulas de revisão do ano anterior) do início das aulas até a data da avaliação, enquanto em Fortaleza a meninada ainda tava aprendendo as lições do 4o bimestre do ano anterior.
Ou seja, a avaliação está comprometida por comprar condições muito diferentes entre si. Vc acharia justo comparar resultados de alfabetização de uma criança que fez a prova em outubro de 2010 frente a outra que fez a prova em fevereiro de 2011? É mais ou menos o que aconteceu.
Já que estes dados não saem nos jornais e a população de Fortaleza seguirá sem saber o que a Prefeitura está fazendo, segue alguns dados breves para quem quiser compartilhar com quem vcs quiserem:
Fortaleza melhorou em mais de 20% os resultados na alfabetização segundo SPAECE. Em 2007 atingiu índice 113; em 2010 alcançou 131,7.


Fortaleza tem hoje um maior número de professores contratados através de concurso público.

Fortaleza aumentou o número de vagas em creches em mais de 100%

Fortaleza ampliou o parque escolar e as unidades escolares patrimoniais construídas de acordo com os padrões estabelecidos pelo MEC.

Em Fortaleza, a atual gestão reformou 239 escolas, ampliou 48, construiu 31 e adquiriu outras 49.

900 novas salas de aula em Fortaleza na atual gestão.

Nos últimos sete anos, Fortaleza aumentou em mais de 100% o número de creches – hoje são 137 unidades.

Em Fortaleza, a carteira de estudante é gratuita para todos os estudantes da rede pública.
E é a única capital do país com meia entrada ilimitada.

Ações como a instituição de coordenações pedagógicas nas unidades escolares contribuem para os avanços nos resultados da alfabetização de nossas crianças.


O acesso à leitura através da instalação de 228 bibliotecas escolares contribui para os avanços nos resultados da alfabetização de nossas crianças.

O que é o Squid e por que utilizá-lo

Squid é um servidor proxy que tem como principal função filtrar e definir regras para o acesso dos usuários a web. Elereduz a utilização da conexão e melhora os tempos de resposta fazendo cache de requisições freqüentes de páginas web numa rede de computadores.

O Squid foi escrito originalmente para rodar em sistema operacional tipo Unix, mas ele também funciona em sistemas Windows desde sua versão 2.6.STABLE4.

Obs: Neste artigo será necessário acesso a internet para instalação dos pacotes. 

Instalando o Squid

O apt é um comando de instalação remoção e modificação de programas, muito simples de usar.

Obs.: Sempre que o “#” estiver a frente de um comando, isto significa que tem que ser executado como root.

# apt-get install squid3

O arquivo de configuração padrão do Squid fica em /etc/squid/squid.conf, porém como estamos instalando o squid3, o caminho altera para /etc/squid3/squid.conf.

Vamos editar o squid.conf:

# vi /etc/squid3/squid.conf

Optei por utilizar o arquivo padrão do squid fazendo apenas as alterações necessárias, portanto para chegar ao material abaixo será necessário percorrer o squid.conf. Repare que no squid.conf existem as ACLs, como padrão ele já vem com as seguintes ACLs:

acl SSL_ports port 443 #https
acl Safe_ports port 80 # http
acl Safe_ports port 21 # ftp
acl Safe_ports port 443 # https
acl Safe_ports port 70 # gopher
acl Safe_ports port 210 # wais
acl Safe_ports port 1025-65535 # unregistered ports
acl Safe_ports port 280 # http-mgmt
acl Safe_ports port 488 # gss-http
acl Safe_ports port 591 # filemaker
acl Safe_ports port 777 # multiling http
acl CONNECT method CONNECT


Logo abaixo das ACLs padrões tem um espaço, e ai é o lugar determinado para edição das suas ACLs. As ACLs podem ser entendidas como o link que o Squid faz com as regras. Porém o que dita as regras são as http_access.

Exemplo – você quer criar uma lista de sites a serem bloqueado:

# vi /etc/squid3/sites_bloqueados

No squid.conf teremos a seguinte ACL:

acl block_sites url_regex “/etc/squid3/sites_bloqueados”


Obs: block_sites é o nome da acl, e a mesma está encarregada de trazer para o Squid a lista presente no arquivo sites_bloqueados.

Para autorizar um computador a acessar a internet também é necessário criar uma ACL.

Exemplo:

acl rede src 192.168.0.0/24
acl gerente src 192.168.0.ip_gerente


Mas como dito acima, as regras são ditas pelas http_access. Veja o simples caso de bloquear os sites para rede, mas o gerente tem acesso total. 

#O gerente tem acesso total e está no topo
http_access allow gerente

#A partir daqui quem acessar está proibido de acessar os sites da lista block_sites
http_access deny block_sites

#Todo o range de rede declarado pode acessar a internet, exceto os sites bloqueados
http_access allow rede

#Se não se encaixa em nenhuma das alternativas acima, não usa a internet
http_access deny all


Nas http_access a ordem é feita de cima para baixo, sendo que os níveis superiores tem privilégios aos inferiores.

Sempre ao fazer alterações no squid.conf, para não ter que reiniciar o serviço, use o comando “squid3 -k reconfigure” para colocar em prática as alterações feitas.

Agora ao tentar acessar a internet ainda não estará funcionando, pois o Squid configurado acima não está em modo transparente. É necessário configurar no browser os parâmetros do proxy.

Ex.: Firefox > Ferramentas > Avançado > Rede > Configurar > Coloque o IP do servidor e a porta do Squid, que por padrão é 3128 (pode-se alterar).


Fonte: Wikipedia e Viva o Linux